Homenagens

3

Isso não é uma despedida

Ao que vai partir eu desejo calma. Para se jogar num sonho que não tem data para acabar. Para se perder pela cidade que em breve vai poder chamar de lar. Para entender, numa esquina qualquer, dando direções erradas para um turista desavisado, que a espera valeu a pena. Para que o olhar estrangeiro –…

1

O voo

  Quando nasceu era o último de uma fila de três mas nunca perdeu o ânimo de falar de uma vez.   As palavras eram muito do interesse principal pra ele era mais bonito ler tudo até o final   Adotou um dicionário como o livro predileto tirou de letra o abecedário falava tudo correto…

4

Uma prosa para o João

“Vamos agora? Com a roupa do corpo?”. Essa é uma piada interna que tenho com o grupo de amigos do colégio. Geralmente, quando ela é feita, a gente continua parado, sem mexer um músculo. Mas a piada guarda uma vontade jovem de largar tudo, ir pro mundo, mesmo sem passaporte e com menos de quinze…

4

Em companhia

Eu queria ser do mundo como a Bia, e ser dada como a Carol, que bate papo até com o poste. Queria me doar para a minha família da mesma forma que o Victor. Queria ser forte como a Nina, e doce como o Henrique. Queria ter o otimismo da Luana e a garra da…

2

Para Nina e suas cores

Hoje eu vou falar sobre a Nina. Corta para janeiro de 2008. Sem falar com ninguém, fui a uma lan house em Marataízes, para ver o resultado do vestibular da UFRJ. O ambiente era inóspito. Um calor danado. Meu coração pulsava frenético. A conexão da internet era inversamente proporcional. Suando em bicas, descobri que eu não…

3

Enfim, tatuada

Pronto. Mais um item definitivamente eliminado da lista de coisas que quero fazer até os 30 anos. E põe definitivo nisso. Fiz uma tatuagem. Decidi que teria o corpo rabiscado quando tinha mais ou menos uns 10 anos de idade. Minha irmã, que é sete anos mais velha, apareceu numas férias com uma borboleta perto…

0

Vovó Zezé

Oi, vó! Aqui tá tudo bem e com você? O Lucas e o Tomás tão bem. Sim, sim, meus pais também. Tem comida, sim, fica tranquila. Outro dia mesmo tava pensando em você, sabia? Aliás, tenho pensado muito em você. Passei pelo seu prédio e lembrei de tudo. Tudo mesmo. Essa rua é a sua cara, vó. A calçada, a venda do…

0

Lista amiga

É bom ter amigo ator, atriz, jornalista, professor, roteirista, médico, defensora, cineasta, publicitário, diplomata, ateu, agnóstico, teimoso, cabeça dura, cético, esperançoso, sensível, que topa tudo, desafina, afina, ajeita, chora, fica mudo, não reage, decepciona, é o jeito dele, pede perdão, pede mais um, fuma mais dois, fica até de manhã, abraça, abraça forte, beija, elogia,…

2

Marcela é telúrica

Marcela é telúrica, é trem das cores, é barato total. Tudo que eu não tenho de carnaval a Marcela tem vezes mil. Todos os sambas que eu gaguejo a Marcela canta sem erro. Nasceu no finzinho de um carnaval, é como se tivessem anunciado uma dose a mais de festa e fantasia pelo próximo século. Não porque ela se joga…

3

Minha terra é mar

Minha terra não é terra. É mar. E muita areia. Com um bocado de conchinhas quebradas que fazem doer o pé sufocado da cidade grande. Minha terra nem é minha. Não aparece na certidão de nascimento escrita à mão há quase 26 anos. Mas que bobagem! Minha terra se fez minha nas muitas vezes em que renasci por…

© 2009 Cena Seguinte