Articles by João Miller

João Miller

João é diretor de arte mas está sempre com as palavras. Escreve poesias, compõe e canta. Não basta trabalhar com imagens, precisa estar sempre tomando conta delas, provocá-las em relatos e histórias. João escreve às terças.


1

Trumpicália

* Sobre a cabeça alguém lendo um livro aberto na metade, sobre meus pés mochilas que aterrisam pra que o vagão aperte mais gente e um sujeito ainda chega esbaforido no momento em que a porta quase lhe fecha no nariz. Eu organizo cada movimento pra conseguir pegar o celular e trocar de música, eu…

2

O recém expatriado

O recém expatriado mal desce do avião e já entra na fila de quem tem visto de turista. Força do hábito. Liga o Google Maps pra acreditar que está onde está. Acredita mas demora a processar que não está ali a passeio. O recém expatriado vê o Empire State de longe e evita tirar foto para não parecer…

1

O voo

  Quando nasceu era o último de uma fila de três mas nunca perdeu o ânimo de falar de uma vez.   As palavras eram muito do interesse principal pra ele era mais bonito ler tudo até o final   Adotou um dicionário como o livro predileto tirou de letra o abecedário falava tudo correto…

1

O hipster do futuro

Imagina só se um dia essa década virar moda como vem acontecendo quando os futuros chegam. Daqui a uns 20, 30 anos, numa realidade Black Mirror um pouco menos distópica, essa nostalgia inerente a todas as gerações vai surgir arrebatadora. É muito provável – quase certo – o surgimento do neo-hipster: o hipster do futuro. Em meio a…

0

Hiper-ultra-superstição

Um conhecido de um amigo meu, cujo nome não vale lembrar mas se não me engano é alguma coisa entre Marcos e Márcio, é a prova viva de que superstição existe. Sim, esse meu amigo viu com os próprios olhos – ele podia jurar. Eu como confio em crendices populares e em relatos de amigos resolvi…

1

Dez por cento de bateria

O laptop está com dez por cento de bateria. Estou ouvindo Cigarettes After Sex no sofá enquanto escrevo. O cinzeiro está vazio. A sala também. O ventilador range e dita meu ritmo. Mas as ideias se espalham.   Nove por cento. É madrugada de quarta, o que significa que não escrevi no meu dia de…

0

Xarás no spam

Meu endereço de e-mail é tão banal que há algum tempo venho recebendo mensagens que não foram escritas para mim. O joaosilva – aquele que fica como exemplo na caixa de texto do Gmail – deve entender do que eu tô falando. De certa forma todos os Joões já passaram por isso. Há uns anos quando me livrei…

0

Déjà vudu

Para tudo. Eu já vivi essa cena antes. Sim, você estava exatamente assim, com esse all-star branco encardido prestes a se desamarrar totalmente e eu falei pra você amarrar antes que tropeçasse. E você me fitava desse jeito, com os olhos meio aturdidos como quem se pergunta “O que está acontecendo com ele e o que…

0

Que você tenha tido

“Espero que você tenha tido um ótimo fim de semana.” Nunca entendi votos como esses. Ainda que aprecie a boa intenção me parece tão irreal desejar a alguém algo que já se sabe o resultado. Agora já seria tarde torcer para isso. Pobre da pessoa que, nessa avalanche que é o presente, não pôde contar com seus…

0

Casa de sucos

No que a menina abocanhava mais um pedaço de sanduíche de filé e as colheradas de açaí do rapaz pintavam de roxo os dentes que sorriam sem graça na falta de assunto, uma gargalhada em coro soava na mesa do grupo do outro lado, no exato instante em que uma mãe dava de mamar para um filho e…

© 2009 Cena Seguinte